quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Se você olhasse melhor, e tivesse coragem de procurar minha verdadeira identidade com uma lanterna de luz baixa. Se você me encontrasse em pequenos cômodos da minha alma. Se me desse a certeza de que não mexeria em nada, e que nenhum objeto iria roubar. Talvez eu deixaria você entrar, e então veria que só preciso de uma boa faxina que me faça brilhar, como mobília lustrada.
Priscila C. (euzinha rs.)

4 comentários:

  1. "Talvez eu deixaria você entrar, e então veria que só preciso de uma boa faxina que me faça brilhar, como mobília lustrada".

    está lindo querida!

    beiijo,
    *.*

    ResponderExcluir